Rio Branco no Acre, turismo em ascensão a cada ano.

168

Rio Branco, turismo em ascensão.

Rio Branco, capital do estado do Acre, com seu clima quente e úmido, tem investido boa parcela de recursos para ampliar seu programa turístico, aumentando cada vez mais a procura pela “capital da seringa” como ficou conhecida durante a época em que era febre a chegada em Rio Branco de pessoas querendo se tornar seringueiros.Cercada pela floresta amazônica, com seu povo fruto de raiz indígena, Rio Branco tem uma história marcada por lutas pela exploração da seringa e pela demarcação de fronteiras, já que Rio Branco faz limites com Bolívia e Peru. É nessa história que o governo de Rio Branco aposta para atrair as pessoas, sendo contada em sua gente, sua arquitetura e sua culinária.

O que fazer em Rio Branco

Museu da Borracha

Inaugurado no final da década de 70, o Museu da Borracha conta a história da luta do povo na época do “ouro negro”, quando os seringais eram um negócio altamente lucrativo. O museu apresenta memoriais, testemunhos, fotografias, objetos utensílios que caracterizam a época e muito mais.

O Museu da Borracha se localiza no centro de Rio Branco, na Avenida Ceará, e fica aberto ao público das terças às sextas-feiras, das 8h às 18h, nos sábados, domingos e feriados das 16h às 21h.

Biblioteca da Floresta

O povo da floresta amazônica tem uma cultura muito rica, em vários aspectos mais sábios que o restante dos brasileiros, por viverem em um ambiente propício. A Biblioteca da Floresta é especializada em assuntos e autores da Amazônia e do Acre, oferecendo ainda exposições sobre os povos indígenas.
biblioteca-da-floresta-acre-rio-branco-PA10

A biblioteca se localiza no Parque da Maternidade, e está aberta ao público todos os dias, das 8h às 21h durante a semana e nos sábados das 14h às 20h. Saiba mais sobre a Biblioteca da Floresta em seu site oficial http://www.bibliotecadafloresta.ac.gov.br

Parque da Maternidade em Rio Branco

Esse é o maior parque de Rio Branco, inaugurado em 2002, tem como principal característica a modernidade urbanística de sua arquitetura e de valor comunitário inigualável. O parque oferece ciclovias, calçamento para pedestres com estrutura para caminhadas, playground, pista de skate, anfiteatro, quadras de esporte, museu, praças, restaurantes, bares e lanchonetes.

O Parque da Maternidade é, sem dúvida, o local mais agitado da noite em Rio Branco e vale a pena conferir a diversidade gastronômica dos estabelecimentos locais, desde os restaurantes mais requintados até as lanchonetes, ou curtir festas badaladas nos bares do parque. Ou mesmo apenas para caminhar pelo calçadão e curtir a brisa da noite que suaviza o calor dos dias em Rio Branco.

Recomendamos pesquisar por hotéis clicando AQUI.